Success: archive(2017-05-23-06-46-58_jbackup)

Success: archive(2017-05-23-06-46-58_jbackup)The size of the file was not able to be gotten./var/www/iq/boophilus/public_html/plugins/system/jbackup/2017-05-23-06-46-58_jbackup.sql.gz

Success: logging

Boophilus

Pesquisar

Rhipicephalus (Boophilus) microplus

O carrapato bovino determina perdas estimadas em dois bilhões de reais por ano para a pecuária brasileira.  Este aracnídeo é responsável por redução na produção de carne e de leite, por danos ao couro do gado e conseqüente perda no valor das peles. Além disso, é vetor de vários patógenos causadores de enfermidades como a babesiose, a anaplasmose e a piroplasmose.  Outros carrapatos existentes no Brasil, como o Amblyoma cajanense e o Rhipicephalus sanguineo são ectoparasitas de várias outras espécies animais, dentre elas os humanos, e são vetores de doenças com potencial de conduzirem à morte, como é o caso da febre maculosa.  O estudo da fisiologia, genética e comportamento destes animais tem, historicamente, gerado os métodos de controle de pragas e vetores atualmente disponíveis, resultando em grandes benefícios para a saúde humana e no aumento da produtividade na pecuária.  A eficiência desses métodos, no entanto, é limitada por um conjunto de fatores, principalmente a disseminação da resistência a acaricidas. Torna-se imperativo que se compreenda a biologia desses animais, de forma a permitir o desenvolvimento de novas estratégias de controle, em especial considerando a indispensável preservação ambiental. A disponibilidade crescente de informações sobre as seqüências gênicas de carrapatos vem abrindo novas perspectivas para o controle deste animal.

Esta página visa divulgar informações sobre o carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus e sobre outros carrapatos que são vetores de doenças que afetam animais e humanos. Além disso, esta página será um instrumento para divulgar resultados de pesquisas relativas a este tema conduzidas por cientistas brasileiros que têm seus trabalhos financiados por órgãos de fomento nacionais e internacionais. Pretende-se ainda contribuir para divulgar sítios da internet com informações científicas confiáveis sobre este tema.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Links

Fale Conosco

Desenvolvido pela equipe do Laboratorio de Bioquimica de Vetores de Doenças!